Como aparecer na primeira página do Google sem pagar?

19:17



Quer aparecer na primeira página do Google? A resposta é extremamente simples: faça com que seu site seja o melhor resultado para aquela determinada busca. Apesar do conceito ser simples, a sua aplicação estratégica e prática é complexa, depende de um site bem programado, otimizado, com conteúdo de qualidade em um processo frequente de manutenção, com vários links de redirecionamento e com um razoável número de visitantes na comparação com os concorrentes do mesmo setor.
Para aparecer na primeira página do Google não há uma receita de bolo ou um "milagre" em termos de programação. Por mais que a linha mestra de raciocínio seja a mesma para todos os sites, a estratégia para cada um pode ser diferente.
Conheça agora as principais etapas do processo:
Um site bem programado:
Para o Google tanto faz se o seu site é bonito ou feio. Quem se importa com isso é o seu internauta, não os robôs dos sistemas de busca. Um site bem programado tem o código conciso, imagens formatadas no tamanho correto, com CSS bem aplicado e não possui links quebrados.
Um site bem planejado considera todas as possibilidades de ferramentas que possam auxiliar o processo de SEO.
Conteúdo de Qualidade e Manutenção Frequente:
Um site precisa ter conteúdo de qualidade. A ideia central de ter uma página na internet é disponibilizar mais dados e informações sobre produtos e serviços, tirar dúvidas, dar dicas e suporte aos clientes, criar experiências de marca e assim auxiliar as pessoas a formarem opiniões e tomarem decisões acerca do que você estiver oferecendo.
Para conquistar a primeira página do Google o conteúdo precisa ter qualidade e ter manutenção frequente
para que seu cliente permaneça mais tempo navegando em seu site e que retorne frequentemente em
busca de novidades.
Otimizado:
Otimização significa preparar o seu site para ser encontrado pelos buscadores. Esse é o trabalho do SEO (Search Engine Optimization).
Dentre as ações de SEO para um site, destacam-se: definições de palavras-chave, descrições de páginas e nomenclaturas de títulos, desenvolvimento de sitemaps, reescrita de URLs, identificação de imagens, reestruturação de links e sublinks, organização de priogenia e controle de densidades de palavras-chave.
Este é um dos principais itens para aparecer na primeira página do Google sem pagar.
Links de redirecionamento:
Quanto mais links estiverem indicando e redirecionando visitas para o seu site, melhor. Com conteúdo de qualidade muitas empresas vão lhe procurar para vender anúncios e trocar banners (o que pode ser visto como um inconveniente, mas é como se negocia propaganda na internet).
Por outro lado, pessoas podem postar e comentar sua marca em blogs e outros sites. Incentive essa prática e monitore tudo o que está acontecendo através de ferramentas de análise, como o Google Analytics.
 Visitantes:
O número de visitas é um dos fatores chave para a classificação de um site. Seguindo os passos anteriores naturalmente o número de internautas navegando dentro do seu site tende a aumentar, mas não na velocidade que você gostaria que acontecesse.
A vantagem é que existem inúmeras estratégias para acelerar esse processo por meio de anúncios na internet (pagos ou não). Assim, canalize visitantes anunciando através de links patrocinados, catálogos empresariais on line, fazendo banners em portais e até mesmo pagando para que um blogueiro fale bem
(ou mal) da sua marca na internet.

Viralize nas Redes Sociais

Apesar de ainda não se saber o real efeito dos “Curtirs”, “Retweets”, Botão +1, sabe-se que o Google vem trabalhando cada vez mais para considerar estes dados no posicionamento dos sites. Sendo assim, compartilhe o seu conteúdo e deixe que as pessoas curtam, “retweetem”, cliquem no botão +1, etc. 



Fonte www.conceitoideal.com.br

You Might Also Like

0 comentários