Como escolher um nome para sua loja.

22:55

  1. Fuja do óbvio, seja criativa
    É mais fácil nomear uma loja com o nome do artesão ou associar o produto como “Loja da Nath”, ” Artes da Nath”, “Criações da Nath” ainda mais quando os produtos já estão prontos e só falta começar a vender. Mas é importante pensar que o nome da sua loja deve ter valor próprio, marcar a sua presença. Afinal, sabemos que vai ser importante ter um nome fácil de comunicar – criar marca, panfletos, site, etiqueta… então porque não criar algo realmente novo?
  2. Solte a imaginação
    O nome escolhido é fácil de combinar com um desenho interessante, você pode brincar visualmente e associar outras palavras? Você sabia que OMO vem de Old Mother Owl, que significa “velha mãe coruja” em inglês? E o mais interessante, remete exatamente à corujice de quem quer roupas limpas para a sua família – uma outra técnica interessante para procurar um nome, pensar na pessoa que vai usar o seu produto.
  3. Pense na essência da sua marca
    Falei disso no meu último post. O nome que você escolheu se ajusta ao propósito comercial da sua loja e dos seus produtos? Se funcionar melhor para outro negócio, guarde e fique de olho, vai que ele serve para uma outra lojnha?
  4. Simplifique
    O seu nome é claro e fácil de ser lembrado e digitado? E se alguém decidir buscar na internet, vai conseguir chegar na sua loja facilmente? Descarte trocadilhos, gírias e expressões que fazem sentindo agora mas que não funcionarão no futuro.
  5. Fique atenta à pronúncia
    Fácil de ser pronunciado, as pessoas conseguem falar o nome da sua loja sem dificuldades? Não transforme o nome da sua marca num trava-língua.
  6.  Não se reprima!
    Se por acaso eu escolhesse o nome “Sabonetes da Nath” o que acontecia se futuramente quisesse vender toalhas de lavabos ou kit para banheiro? Não se torne refém do seu nome, pense que se hoje você faz uma técnica o futuro pode trazer surpresas ótimas para o seu negócio. Outro ponto é que se você limitar o nome da sua loja ao produto que será vendido,  isso restringirá  a procura por outros produtos na sua loja.
  7. Evite associações impróprias
    Vocês se lembram do carro chinês Chana? Pois é, não foi nenhum sucesso por aqui. Cuide para que o nome não tenha significados pejorativos em outras culturas, regiões brasileiras ou idiomas – não custa nada fazer uma pesquisa rápida. Escolher um nome ofensivo ou que não traga imediatamente boas associações pode ser um tiro no pé.
8. Não copie de jeito nenhum!
Não copie produtos, não copie o logo e não copie no nome de ninguém no mercado – isso pode custar penalidades legais.
Aproveite para demonstrar que suas criações são originais, com detalhes exclusivos que só você entende e domina. Mostre que a sua loja é ÚNICA.

You Might Also Like

0 comentários