Os 10 erros mais comuns em Social Media

15:27


Como empreendedores iguais a você, entendemos a decepção do primeiro mês, ou porque não do primeiro ano, quando vemos que as coisas não funcionam como esperamos. As redes sociais são ferramentas excelentes para que seu negócio tenha êxito, mas também podem resultar em uma tarefa frustrante se não souber como fazê-lo. No artigo de hoje te mostraremos como pode deixar de cometer os erros mais comuns nas redes sociais, para que comece a ver melhoras incríveis em seu negócio através de ações realizadas nelas. Comece agora mesmo!

HOMERO-FONDO-ROJOint

1. O PERFIL ESTÁ INCOMPLETO E A CAPA É POUCO ATRATIVA


É muito comum e bastante decepcionante seguir a fã page de uma marca e não encontrar nenhuma informação sobre ela. Não sabemos do que se trata, qual é seu objetivo, onde está localizada, se tem ou não um site, entre outras coisas.
É fundamental para o seu negócio e para o marketing de sua marca que complete toda a informação do perfil de sua fã page. Quanto a informação, não nos referimos somente a completar o campo “informação” do Facebook.

Os ítens a seguir são algumas dicas para sua página ganhar destaque e se tornar mais atrativa:

  •  Colocar uma foto de capa bem atrativa, que reflita a personalidade de sua marca, incluindo uma descrição de seu negócio, por exemplo.
  •  Colocar uma foto de perfil que permita identificar sua marca facilmente.
  •  Completar a informação de seu perfil e adicionar o link de seu site, blog ou página de contato.
  • Escolher a categoria correta de seu negócio para que seja mais fácil encontra-lo.
  •  Usar as aplicações do Facebook para tirar proveito de sua fã page e fazê-la mais atrativa.

Veja estas capas:

COVER-FOTO-PLACA

2. NÃO ESTÁ FAMILIARIZADO COM OS TERMOS E CONDIÇÕES


Há uma frase muito popular que cai como anel ao dedo para este ponto: “ser comum, não significa que seja correto”, e com isso queremos dizer que, mesmo que seja muito comum para muitas das pequenas e médias empresas fazer de sua fã page um campo de batalha liberal, não significa que isso seja correto. É necessário que, como donos, os administradores de suas páginas nas redes sociais conheçam os termos e condições para realizar as ações corretamente, não apenas porque deve ser assim, mas também porque pode acontecer que a má sorte bata na sua porta e o Dom Facebook revise sua fã page e “D’oh!”, a cancele.
Definitivamente, isso traria uma dor de cabeça muito maior do que a de ler os tediosos termos e condições.

Sejam ações pequenas ou aquelas de maior alcance, como concursos e promoções, você deve segui-las. Não deixe de checar nosso post anterior , pelo qual repassamos as novas políticas que afetam as promoções.

Para realizar a atualização da foto de capa e de perfil, deixamos o Link do Facebook para que possa fazê-lo corretamente, respeitando as dimensões e outras características que deve ter em conta para que seja “legal”.
facebook_timeline_cover_size

3. SUA MARCA NÃO TEM PERSONALIDADE DEFINIDA


Talvez o que vou dizer seja algo tão redundante que fará vocês rirem: as redes sociais, são sociais.

O Facebook é sinônimo de amizade. Sim senhores, parece óbvio, mas para muitos dos nossos não foi e para outros continua não sendo. O que pretendo com isto? Você deve saber dar à sua marca uma personalidade e fazê-la falar como mais um amigo do seu público. Está claro que não é o mesmo falar a um grupo de arquitetos e a um jovem que pratica longboard, mas ser uma marca que não se dirige a alguém em particular (eu, público), é muito similar a estar em uma conferência na qual o dissertante fale baixinho, sem ritmo, sem fazer contato visual com sua audiência nem interagir com ela. Resultado = as pessoas ficam com sono, começam a desenhar em suas anotações e dedicam-se a conversas através de seu celular.

Humanizar” implica em incorporar valores, crenças, gostos e convicções à sua marca. As pessoas precisam ser fãs não de uma cafeteira e sim de toda uma experiência que sua marca ofereça. As pessoas gostam de se relacionar com quem se identificam, e se quer que falem de você, deve primeiro iniciar uma conversa que seja interessante para as duas partes.
Você pode aplicar isso agora mesmo. Utilize uma linguagem adequada, fale em segunda pessoa como se fosse uma conversa de um a um, entendendo quem é o seu interlocutor e o que ele espera. Tudo isto deve ser acompanhado de um conteúdo que seja coerente com a “personalidade” de sua marca e com a estratégia de seu negócio.

Estas duas páginas são muito diferentes. Dirigem-se a um público muito específico e consequentemente, a maneira de se dirigir ao seu público e até as notas que compartilha tem a ver com seus gostos e os de seus seguidores, o que  gera uma inevitável identificação.
PERSONALIDAD-DE-MARCA

Muito claramente o fundador da Inbound Zombie, John Haydon, comenta este ponto em uma entrevista realizada pela Postplanner:

“Pense no uso pessoal que você dá ao Facebook, logo faça a seguinte pergunta:
Quando foi a última vez que abri o Facebook para
1- Fazer uma compra ou doação
2- Descobrir as últimas novidades de uma marca
3- Conectar-me com meus amigos e ver o que fazem
Se você é como a maioria das pessoas, dificilmente fará o #1 e #2, e sempre faz o #3.”

Te deixamos um exemplo de uma marca de leite achocolatado muito famosa que soube definir muito bem a sua personalidade, estabelecer uma excelente comunicação com seus fãs e gerar conteúdo muito específico e adequado para o seu público.
CINDOR

4. NÃO POSTAR REGULARMENTE


Certamente já aconteceu de você acessar a fã page de uma empresa e descobrir que a última vez que publicou um post foi a 3 meses atrás ou para não ir muito longe, 15 dias atrás. Isso já é suficiente para ser considerado abandono, para os tempos que correm nas redes sociais. Isto não só gera uma má impressão, mas também põe em evidência que nem o próprio administrador dessa página está interessado nela. Estar nas redes sociais implica um compromisso diário para com a sua marca e com seus fãs. É um trabalho que leva seu tempo e esforço, embora por sorte hoje existam várias ferramentas que facilitam esta tarefa.
Tudo o que fizer e NÃO fizer estará exposto a seu público e isso influencia muito. Não é necessário que esteja todos os dias, durante 8 horas, buscando e publicando conteúdo. Pode usar Postcron, que permite agendar e programar suas publicações para que logo se publiquem automaticamente.
Postar todos os dias e várias vezes em uma mesma jornada de trabalho é algo obrigatório se deseja assegurar visibilidade, participação e tráfego. Quanto mais publicações, mais possibilidades terá de mostrar seu conteúdo na seção principal de notícias do Facebook, o qual poderá ser visto por mais pessoas. Não deixe de ler nosso post anterior, no qual te ensinamos várias estratégias para aumentar tráfego.

4b. NÃO POSTE O MESMO MAIS DE UMA VEZ (ESTE É UM ERRO IMPORTANTE E CONTRA-INTUITIVO)


Para muitos, o que propomos pode não ter muito sentido, mas se analisar o mesmo que nós, realmente é um ponto que tem muita lógica.
Por que fazê-lo?
Em primeiro lugar, é preciso considerar que nem todos os seus fãs estão conectados no mesmo horário, portanto se publicarmos uma única vez o nosso post, ele poderá ser visto apenas por pessoas que estão navegando naquele momento. Os hábitos das pessoas são distintos e devemos cobrir todas as possibilidades.

Outro ponto: seu post nem sempre é mostrado na seção de notícias de 100% dos seus fãs. Esta parte do novo algoritmo é um pouco complicada (logo ampliaremos), mas basta saber que, se queremos que todos vejam o que temos a dizer, não o alcançaremos com uma única vez que publicamos a informação. Podemos tomar como exemplos duas grandes cadeias de notícias como ESPN ou CNN, que constantemente publicam a mesma informação em um mesmo dia, para assim poder chegar a toda a sua audiência.
Sugerimos então que publique várias vezes o mesmo post, talvez possa realizar pequenas modificações no título ou alterar de alguma maneira a imagem, mas mantendo o mesmo conteúdo. Desta maneira, não só poderá descobrir qual versão desse mesmo post teve maior aceitação, mas também, sem fazer modificações, poderá obter muito mais curtidas, participação e consequentemente, mais tráfego ao cobrir todos os espaços em branco.

A seguir, mostramos um gráfico introduzido por Guy Kawasaki (uma lenda das redes sociais), no qual mostra como aproveitar esta ação para não perder tráfego:
guy-kawasaki-tweet-graph
1er post: 739 clicks
2do post: 718 clicks
3er post: 565 clicks

Se tivesse publicado uma vez, Guy teria ganhado 739 clicks, diferente dos 2022 que levou no total. Não deixe de usar essa estratégia para tirar proveito de cada conteúdo que prepara para seus seguidores!
Recomendamos que utilize uma ferramenta para programar publicações em redes sociais como Postcron ou Hootsuite, para repetir o mesmo post em diferentes horários e dias. Durante a primeira semana, publique ao menos 3 vezes o mesmo post, preferencialmente com diferentes títulos; se o conteúdo puder ser republicado (por exemplo: guias, tutoriais, etc), republique-o pelo menos 1 vez por mês.
Esta é uma excelente maneira de aproveitar ao máximo seus conteúdos!

5. POSTAR CONTEÚDO QUE NÃO GERA ENGAGEMENT, TRÁFEGO NEM CURTIDAS


Vejamos, este cenário é muito comum porque não é nada simples gerar conteúdo, mas se o que tem, mesmo que não seja perfeito, for utilizado e aplicado corretamente, poderá ver melhores resultados no resumo de suas estatísticas nas redes sociais.
Agora compartilhamos algumas dicas e estatísticas que te ajudarão a tomar a decisão de coloca-lo em prática agora mesmo:

39-

104-53

FOTO-POST-39-PORCENTO
SER-CONCISO

  •  Não é um jogo de crianças. Mas, inclua emoticons em seus posts, já que poderá obter 57% a mais de curtidas. De acordo com a AMEX OPEN Forum infográfico:

EMOTICONS

Sem descuidar destes números, lembre-se que as redes sociais são sociais. Você está construindo uma amizade com seus seguidores e deve publicar coisas que sejam úteis para eles, que resultem em interesse além do seu produto ou serviço. Sem dúvida, tudo o que fizer deve trazer algum benefício para o seu negócio, mas o que diz respeito às redes sociais, implica em ir além do que envolve a sua empresa. Inclusive, se olhar o nosso Facebook, encontrará vários posts que tocam em temas sobre felicidade e liberdade. Conhecemos nossos seguidores e sabemos que em sua maioria são empreendedores; nós temos a sorte de sê-lo, amamos a liberdade, buscamos ser felizes e nos arriscamos para consegui-lo. Por isso, também postamos artigos que inspirem e ajudem em tarefas do seu dia a dia.

6. NÃO CRIE INCENTIVOS


Este ponto está intimamente relacionado com o anterior, porque nos referimos a realizar coisas para que seu público queira te seguir. Além de ter uma marca com imagem atrativa, um discurso consistente, coerente e orientado ao público, é necessário gerar ações que incentivem a sua audiência a visitar seu site, porque sentem que mesmo sem receber algum presente, obtém algo de sua marca.

  •  Informe sobre seus novos produtos ou o último que está no mercado e que você o dispõe especialmente para eles.

  •  Compartilhe com seus fãs informações que possam melhorar a qualidade de vida ou de seu trabalho.

  •  Faça seus fãs se sentirem especiais. Responda rápidamente suas perguntas. Eles necessitam perceber que você está lendo e que se interessa por suas inquietações. Isso é um grande diferencial e pode te fazer se sobressair entre outras marcas.

  •  Caso você deseje presentear seus fãs, revise nosso post sobre as novas políticas de concursos do Facebook, assim poderá utilizar várias idéias que desenvolvemos e que não necessitam de uma aplicação de terceiros. Lembre-se que é importante respeitar os termos e condições também nessas ações.

7. SÓ INTERESSAM AS VENDAS E AS CURTIDAS


Como todos os pontos anteriores, cremos que este também é muito lógico, mas muitas vezes nos esquecemos de nos colocar do outro lado da situação, de pensar como usuário e como fã para corrigirmos esse e muitos outros erros. É incômodo entrar em uma fã page e notar que o único conteúdo que publicam é sobre sua marca, seus produtos, preços, medidas, formas de pagamento, diferentes modelos, etc. Quer dizer, isso é necessário, mas não deve ser a única estratégia. Já que para isso, existe o Ebay, Mercado Livre, Amazon e outras páginas de vendas online. Ou não?
Não é muito agradável estar com pessoas que só falam sobre elas mesmas e que não se importam com nada sobre você, que não fazem nem uma pergunta sobre a sua vida ou sua família, etc. Evitamos esses sujeitos verborrágicos que são somente “eu, eu, eu, eu”. Bem, o mesmo acontece nas redes sociais. Na verdade, neste caso estão primeiro seus fãs e depois o seu negócio. Primeiro deve-se gerar o espaço, a comunidade, a confiança, a lealdade e depois a venda. Entendemos que é seu negócio e você precisa de dinheiro, mas no que diz respeito às redes sociais, é necessário ter paciência.

Para não parecer um vendedor desesperado, complete sua fã page com posts que tenham a ver com os hábitos e forma de vida de seus usuários e com o que consomem a partir de sua marca. Deve mimar sua audiência, escuta-los, perguntar a eles sua opinião. É seu trabalho estabelecer as bases desta amizade, para que logo o resto de seus objetivos de marketing e de sua empresa sejam cumpridos.
NoAf tem uma pequena comunidade no Facebook, mas está fazendo as coisas muito bem e não é de se surpreender que em pouco tempo ele cresça muito. As maiores marcas também dão exemplo:

pirelli-no-af-nikon

8. NÃO RESPONDER OS COMENTÁRIOS DE SEUS FÃS


Este ponto é fundamental para reforçar a relação com seus fãs. Se alguém tomou a iniciativa de escrever uma consulta ou reclamação, por favor: responda. É importante tanto o feedback positivo quanto o negativo. Você aprenderá muito e poderá melhorar a qualidade de seus produtos ou serviços, e também poderá mostrar aos seus seguidores que realmente se interessa por eles. Tudo isto soma pontos para a imagem de sua marca.

9. QUER ESTAR PRESENTE EM TODAS AS REDES SOCIAIS


Muitas pessoas, quando começam a viagem pelas redes sociais, querem estar presente em todas. Criam um canal no Youtube, um perfil no Twitter, Facebook, Linkedin, Pinterest, Vine, etc etc, etc. Mas, sinceramente, isto não serve de nada se não pode sustenta-los ao longo do tempo. Recomendamos que inicie o seu trabalho em uma ou duas, e uma vez que seja um expert na administração das mesmas, poderá ampliar seu alcance à outras redes sociais.

10. QUER CONTROLAR TODAS AS MÉTRICAS


O mesmo do ponto anterior aplica-se a este caso. Trata-se de aprender e entender algumas métricas, aquelas que você crê que realmente são importantes para que sua página decole e se consolide. Caso você esteja dando os primeiros passos nas redes sociais, aqui deixamos alguns links do Facebook para que aprenda mais sobre métricas e estatísticas as quais pode acessar.

Informação e guia para programar relatórios.

Quais estatísticas estão disponíveis para calcular o rendimento geral da minha página?

As três estatísticas situadas na parte superior da janela “estatísticas da página”, permitem avaliar a magnitude e o grau de interação do público.

1. Pessoas que curtem a página: “Pessoas que curtem a página”, indica o número de pessoas que clicaram em “curtir” na sua página. “Novas curtidas na página”, mostra o número de novos usuários que curtiram a sua página nos sete últimos dias em comparação com os sete dias anteriores.
2. Alcance: “Alcance total” é o número de usuários únicos que viram qualquer conteúdo associado a sua página (incluindo anúncios) nos sete últimos dias. “Alcance da publicação” é o número de pessoas que viram as publicações de sua página.
3. Interação: “Pessoas que interagem” é o número de pessoas que clicaram em suas publicações, as que curtiram, comentaram ou compartilharam nos últimos sete dias. As “curtidas”, os comentários, as vezes que os posts foram compartilhados e os clicks em uma publicação mostram o total de cada uma destas ações nos sete dias anteriores.


Como corrigir todos os seus erros?


  •  Coloque uma foto de capa e uma de perfil que representem sua marca e que sejam bem atrativas. Complete todos os campos de informação de seu perfil.
  •  Não arrisque sua página e negócio. Leia os termos e condições antes de realizar qualquer ação.
  •  Defina uma personalidade e discurso para sua marca. Humanize-a e lembre-se que as redes sociais são sociais.
  •  Compartilhe conteúdo diariamente.
  •  Compartilhe um mesmo post várias vezes, inclusive no mesmo dia e em diferentes horários. Poderá obter mais visibilidade e não perderá tráfego.
  •  Lembre-se que seu conteúdo deve seguir as últimas tendências para conseguir mais curtidas, comentários e compartilhamentos: use fotos e escreva textos curtos. Tudo que tenha a ver com o seu público. Não esqueça deste detalhe.
  • Cubra uma necessidade. Ofereça incentivo a seus seguidores, mesmo que isso não implique em presentea-los. Não evite críticas negativas. Deve responder sempre a seus seguidores, sejam consultas, bons feedbacks ou críticas negativas.
  •  Lembre-se que as vendas ou o êxito de seu negócio dependem ou são consequência de gerar e fortalecer a relação com a sua comunidade. Você deve construir uma relação com seus seguidores. O resto dos seus objetivos se cumprirão quando conseguir primeiro se fortalecer nas redes sociais.
  •  Escolha apenas algumas métricas para controlar. Entenda e trabalhe sobre essas, antes de avançar para outras.
Fonte: http://postcron.com/pt/blog/os-10-erros-mais-comuns-das-empresas-em-social-media-e-como-corrigi-los-agora/

You Might Also Like

0 comentários