A gente termina o dia sempre devendo algo pra si mesmo.

10:00


Bom dia, como vocês estão?

Hoje eu quero falar de uma coisa muito importante e que se tornou artigo de luxo. Não, eu não vou falar de um carro, não vou falar de um apartamento, não vou falar de uma jóia. Vou falar do seu tempo.
Você já deve ter se deparado com uma situação aonde acorda já pensando em todas as coisas que deixou de fazer no dia anterior. E ai vem uma culpa enorme, uma sensação de fracasso, de dever não cumprido. 
A correria do dia a dia é rotina na vida de todo mundo. Hoje é comum você cumprimentar um amigo perguntando " Oi fulano como você está?" e ele responder " Na correria...". 

À dois anos a minha vida também era assim. Sou designer gráfico, web designer, ilustradora, mãe, esposa, dona de casa. Faço faculdade, administro sozinha uma empresa com 43 clientes. Atendo telefone, faço a cobrança, programo, desenho, escrevo no blog, respondo mais de 200 e-mails ao dia. 

As vezes chegava a trabalhar até as 3 da manhã... e foi ai, a dois anos, que o negócio pegou. Numa sexta feira comum, levantei da minha cadeira ao final do expediente para começar o turno de dona de casa, indo fazer minha janta, mas não fui fazer a janta. Uma dor enorme me atacou, eu já não conseguia mais respirar, nem pisar no chão, nem me mexer. Ao chegar no hospital descobri que estava tendo uma trombo embolia pulmonar ( um enfarto do pulmão). A causa? O stress. 
Resultado de tudo isso? A perca do meu pulmão do lado direito, 6 dias de UTI correndo risco de uma morte precoce ( eu tinha 38 anos). Hoje eu tomo 4 tipos de remédios diferentes, e pelo risco de tudo acontecer de novo , aprendi na marra,  a cuidar de mim e do meu tempo.

Em uma matéria do programa mais você de hoje, eu vi u homem que trabalhava feito louco, pai de 4 filhos dizendo: "Eu tenho pressão alta, corro muito mas tenho 4 filhos e não posso falhar com eles". Essa frase me impressionou porque pensei no que seria daquelas crianças se ele morresse. Seria uma falha sem retorno.A gente está sempre correndo porque quer ter a melhor casa, o melhor carro, o filho na melhor escola. Mas se você morrer, tudo isso se perde.

Quando a gente passa pertinho da morte a gente entende aquela frase que diz " Desta terra nada se leva". A Casa que você ralou tanto pra comprar, vai ficar aqui, o mesmo vai acontecer com o carro, e a escola dos seus filhos não vai se manter sem você para pagar. Então, para que correr tanto????

Sossega meu amigo. Para de querer ter e começa a ser.

Uma hora dessas você vai perceber que o celular de R$400,00 serve para atender ligações da mesma forma que o de R$4000,00, o apartamento de 50 metros deixa as pessoas mais juntinhas do que no de 500 metros ( e no final da vida você acaba mesmo é numa vala de 1 x 2 metros com 7 palmos de profundidade ). Passear na pracinha da esquina de mãos dadas com seu filho é tão legal como passear na Disney. O que vale é o que você está sentindo e não o que você está pagando.

Se eu puder te dar um conselho, aqui vai:
Trabalhe menos e viva mais. Pare de comprar coisas que você não precisa,  para mostrar para pessoas que você não se importa. Essas coisas não custam dinheiro. Elas custam seu tempo.

"Tem gente que é tão pobre, mas tão pobre, que só tem dinheiro"

Pensa nisso com carinho tá?
Um grande beijo e muito sossego na vida de vocês!!! 

You Might Also Like

0 comentários